20 de outubro: Dia do Arquivista

CONVERSAMOS COM SILVIA ANGELINA, GERENTE DO ACERVO HISTÓRICO DO TEATRO AMAZONAS E ARQUIVISTA DE FORMAÇÃO.

No dia 20 de outubro é comemorado o dia dos arquivistas, profissionais que são responsáveis pelo controle, organização e arquivamento de acervos e documentos. Para falar um pouco mais dessa profissão, entrevistamos Silvia Angelina, gerente do Acervo Histórico do Teatro Amazonas e formada em Arquivologia pela Universidade Federal do Amazonas (UFAM).

Sobre a importância que o arquivista traz para as repartições públicas e privadas, Silvia destaca a produção de informações e documentos de diversos tipos e a necessidade de catalogar e guardar essas informações. “Toda instituição produz inúmeros documentos que precisam ser organizados, classificados, preservados e com métodos eficazes de arquivamento para que possam ser resgatados e atender aos interesses da própria instituição. Desta forma, a documentação tem que estar sob os cuidados e responsabilidade de um arquivista, que é o profissional fundamental para atuar na gestão de documentos”.

Ao falar sobre o início da sua trajetória dentro do Teatro Amazonas, a arquivista conta sobre o desenvolvimento do projeto “O resgate da memória institucional do Teatro Amazonas”, junto com a equipe do Acervo Histórico do Teatro.

“(Nós) fomos em vários espaços públicos como a Biblioteca Pública, Arquivo Público do Amazonas, Biblioteca Mário Ypiranga, para reunir toda a documentação desde a proposta de criação e inauguração do Teatro. Me senti tão feliz ao encontrar manuscritos históricos originais como o contrato de construção e o auto de inauguração do Teatro, porque realizei o sonho de poder propiciar a sociedade amazonense acesso a sua própria história e cultura”.

Equipe do Acervo Histórico do Teatro Amazonas | Foto: Arquivo Pessoal

Silvia conta sobre a felicidade que é compor a equipe do Acervo Histórico – que conta também com a assistente técnica, Maria Nazarene Maia, o historiador, Allan Diego Carneiro, e o apoio de estagiários. “O Teatro Amazonas possui 125 anos e durante toda sua história produziu e recebeu documentos das suas várias ações como patrimônio histórico-cultural. Para mim é de grande satisfação e alegria trabalhar no Acervo Histórico do Teatro, pois estar em contato com documentos raros e conhecer como funcionam as etapas de todo os processos que acontecem dentro do Teatro é fascinante”.

A equipe do Teatro Amazonas parabeniza e enfatiza a importância de todos os profissionais da área de Arquivologia no dia de hoje.

EnglishPortugueseSpanish
Skip to content