Close

Teatro Amazonas 125 Anos

Conheça mais sobre o Pano de Boca

Em 2021 o Teatro Amazonas completa 125 anos e queremos iniciar as comemorações da melhor forma possível: conhecendo um pouco mais sobre o Patrimônio Histórico!

Para começar, vamos falar um pouco de um dos elementos mais marcantes do Teatro Amazonas, o pano de boca.

O Pano de Boca do Teatro Amazonas foi confeccionado em 1894, pelo artista brasileiro Crispim do Amaral, e descreve o encontro dos rios Negro e Solimões. O item é uma das peças mais raras deste que foi o primeiro monumento tombado em Manaus pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

O telão foi importado da casa Capezoti, de Paris, sob qual o artista representou a força que os rios representam e sua relação com o homem.

Crispim do Amaral era formado pela Academia Real de São Lucas, na Itália e também era músico, ator e cenógrafo da Comédia Francesa.

Um detalhe importante é que o pano não é dobrado ou enrolado, ele fica fixo, movimentando-se apenas na vertical e esse cuidado é fundamental para a preservação das obras.

Continue acompanhando nossas redes para saber mais curiosidades!

Fonte: Crônicas da História do Amazonas, de Fernando Collyer
Fotos: Michael Dantas

EnglishFrenchItalianPortugueseSpanish
Skip to content